admin

ALERTA IMPORTANTE: Ministério Público alerta que brasileiros devem reiniciar roteadores domésticos para combater vírus

virusRoteador[1]

O malware VPNFilter pode roubar informações pessoais, bloquear a internet ou mesmo direcionar as pessoas para sites falsos de bancos e de lojas on-line com o objetivo de cometer fraudes.

Segundo Rafael Zanatta, pesquisador em Telecomunicações do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), um dos dez roteadores mais usados no Brasil, está na lista: o TP-LINK TL-WR841HP. O aparelho, diz o especialista, custa em média R$ 135.

– Na nossa leitura é um caso preocupante, porque tem muito consumidor de moden da TPLink no Brasil. Em contato com a fabricante, eles me explicaram que especialmente os modelos mais novos desse roteadores estão vulneráveis. A orientação é mudar usuário e senha que vem de fábrica e atualizar o software do aparelho. Se tiver dificuldade técnica, o consumidor deve entrar em contato com o fabricante, por telefone, para receber instruções. Os vírus atacam com mais frequência roteadores desatualizados e infectou mais aparelhos no Leste Europeu – explica Zanatta, informando que o Idec fará também um comunicado a seus associados.

O MPDFT recomenda, ainda, a desativação das configurações de gerenciamento remoto, que pode facilitar o trabalho de hackers, e o uso de senhas fortes nos roteadores, que contenham números, símbolos e letras maiúsculas e minúsculas. Também é importante atualizar o software (firmware) do roteador.

– Só ligar e desligar o roteador não ajuda muita coisa. Mas o reset da máquina pode ser uma boa medida, pois neste caso volta-se às definições de fábrica. O botão do reset, na maioria dos modelos, está localizado ou lado do usado para ligar o aparelho. Para completar a operação é preciso pressioná-lo continuamente por 5 segundos – ensina Zanatta.

O Idec explica que os roteadores são infectados a partir de falhas de segurança dos dispositivos e sistemas desatualizados. Aproveitando-se da falha, o vírus invade os dispositivos conectados sob a mesma rede e passa a realizar “ataques” na transmissão das informações. Em linhas gerais, acrescenta o instituto, isso significa que todo o acesso do usuário pode ser rastreado, o que é preocupante, já que diversos aparelhos vulneráveis constam na lista dos roteadores mais vendidos no país, como o TP-Link.

Para que possam ficar seguros da ameaça, o Idec listou algumas orientações para os consumidores:

– Caso verifiquem que o aparelho de sua residência está vulnerável ao ataque, que reiniciem o roteador, apertando o botão de “reset” por vários segundos.

– A operação vai fazer com que o modem retorne ao padrão de fábrica – a senha para nova utilização é a que veio originalmente com o aparelho, que fica normalmente em etiqueta no verso.

– Após isso, é necessário procurar pelas atualizações do produto. Isso pode ser feito ligando para o fornecedor responsável, que deverá indicar o procedimento adequado. 4. Outro passo fundamental é trocar a senha de acesso ao roteador, já que o vírus também faz uso de senhas padrões de fábrica para se espalhar.

Desde setembro de 2017, o MPDFT investiga fraudes bancárias, como estelionatos e furtos, cometidos por meio de roteadores infectados. O Ministério Público está trabalhando em parceria com a Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Cibernéticos da Polícia Civil. A investigação é sigilosa.

 

Asus:

  • RT-AC66U
  • RT-N10
  • RT-N10E
  • RT-N10U
  • RT-N56U
  • RT-N66U

D-Link:

  • DES-1210-08P
  • DIR-300
  • DIR-300A
  • DSR-250N
  • DSR-500N
  • DSR-1000
  • DSR-1000N

Huawei:

  • HG8245

Linksys:

  • E1200
  • E2500
  • E3000
  • E3200
  • E4200
  • RV082
  • WRVS4400N

Mikrotik:

  • CCR1009
  • CCR1016
  • CCR1036
  • CCR1072
  • CRS109
  • CRS112
  • CRS125
  • RB411
  • RB450
  • RB750
  • RB911
  • RB921
  • RB941
  • RB951
  • RB952
  • RB960
  • RB962
  • RB1100
  • RB1200
  • RB2011
  • RB3011
  • RB Groove
  • RB Omnitik
  • STX5

Netgear:

  • DG834
  • DGN1000
  • DGN2200
  • DGN3500
  • FVS318N
  • MBRN3000
  • R6400
  • R7000
  • R8000
  • WNR1000
  • WNR2000
  • WNR2200
  • WNR4000
  • WNDR3700
  • WNDR4000
  • WNDR4300
  • WNDR4300-TN
  • UTM50

QNAP:

  • TS251
  • TS439 Pro
  • Outros equipamentos da QNAP NAS com software QTS

TP-Link:

  • R600VPN
  • TL-WR741ND
  • TL-WR841N

Ubiquiti:

  • NSM2
  • PBE M5

Upvel:

  • Modelos desconhecidos

ZTE:

  • ZXHN H108N

Se mesmo após essas dicas, você precisar de ajuda, ligue ou mande um whatsapp fixo (21) 2636-0005 e agende uma visita técnica.

Aprenda a burlar o bloqueio do Whatsapp

whatsapp

Quem não aguenta ficar sem o aplicativo WhatsApp pode recorrer a alternativas. Uma delas é o VPN, rede privada virtual, que dribla o bloqueio. Há aplicativos que usam redes no exterior, e o usuário passa a navegar na internet como se estivesse em outro país. Para isso, baixe o aplicativose se conecte à internet com a ajuda deles no celular.

Já quem usa o WhatsApp no computador pode fazer o download em seu navegador para que ele comece a usar a internet de outro país. Os usuários que optarem pelo VPN devem ficar atentos às regras de segurança porque, teoricamente, o dono do VPN pode ter acesso às suas informações de WhatsApp e páginas acessadas.

Conheça o HotSpot Shield:

O software do Hotspot Shield usa uma avançada tecnologia de criptografia que protege as suas sessões de navegação, ela também detecta e bloqueia malwares ao mesmo tempo que permite que você acesse o seu conteúdo favorito de qualquer lugar do mundo, não importa onde você esteja. O aplicativo de Rede Virtual Privada (VPN) é GRATUITO, de configuração rápida e fácil de usar!

Clique aqui para baixar e instalar no seu computador ou celular e tablet.

Seja bem vindo

Olá, você esta acessando a página da BrSolution – Soluções e Criações Digitais.

Somos especializados em suporte ao usuário, manutenção de computadores, hospedagem e criação de sites, serviços gráficos, implantação de centrais telefônicas VOIP, e muitas outras soluções digitais…

Estamos no mercado desde 2002 levando soluções e satisfação a nossos clientes.